Arrow
Arrow
PlayPause
Slider

Sustentabilidade: Empresas catarinenses

Fonte: G1

Os desafios para cuidar do meio ambiente envolvem também pequenas iniciativas ao utilizar os recursos naturais de forma responsável e de modo sustentável.

O tema é abordado na terceira reportagem da série “Falando de Sustentabilidade”, do Bom Dia Santa Catarina, com ações em Itajaí e Imbituba, que são exemplos em diferentes setores para promover redução de impactos ambientais.

 

Vale do Itajaí

Itajaí está entre as cidades da América Latina que firmou um compromisso com a Organização das Nações Unidas (ONU) de reduzir a emissão de plástico. Com isso, diversas iniciativas públicas foram adotadas como a substituição de copos descartáveis em eventos.

Além disso, um projeto criado por um oceanógrafo e uma engenheira ambiental mostra com a sociedade também pode se engajar e fazer a sua parte.

 

Consumo consciente

Diulie Tavares e Rafael Langella estão em uma batalha para reduzir o consumo de plástico. A escova de dente deles é de bambu. O xampu é em formato de sabonete. Para lavar louça eles utilizam bucha vegetal e um detergente feito em casa.

Na hora de ir às compras, eles vão com sacolas de tecido. Além disso, o que os dois compram a granel colocam em vidros ainda nos supermercados para não utilizar novas embalagens.

Rafael conta a atitude chegou a motivar vantagens financeiras no estabelecimento comercial. “Quem levasse os potes ganharia um desconto pelo cuidado com o meio ambiente”, disse.

Além disso, quando vão comer fora de casa, levam os próprios talheres e copos. “É muito simples, tem uma aceitação bem tranquila e começou até a criar uma cultura de vergonha. Quando você chega com um copo reutilizável e a pessoa está com o descartável, ela olha e pensa ‘ai, acho que estou fazendo alguma coisa de errado’”, complementa o oceanógrafo.

Em festas típicas da região, algumas medidas para reduzir o lixo também foram adotadas pelos organizadores. De acordo com o secretário de Turismo de Itajaí, Evandro Neiva, as ações nos eventos públicos têm o objetivo de conscientizar e levar a ações concretas, como as de Rafael e Diulie.

“É um desafio grande. As pessoas estão habituadas a falar sobre sustentabilidade, mas a ação está um pouco longe ainda. Eventos como a Marejada e a Volvo mostram a ação em si. Mostram que você consegue fazer e isso chega às novas gerações”, afirma Neiva.

 

Educação ambiental

A iniciativa serviu de exemplo para os alunos de uma creche municipal. A entidade decidiu eliminar os copos descartáveis depois de conhecer os copos “ecos” nas festas da cidade.

Crianças com 5 e 6 anos, como Sofia Correia da Silva e Alice Cândido, já conseguem dar respostas que mostram que conseguiram entender o objetivo.

 

Permacultura

Outra iniciativa é a Morada Ekoa, em Imbituba, no Sul catarinense, um lugar criado pelo engenheiro ambiental Felipe Hoffmann por meio de uma técnica chamada permacultura, que procura estabelecer uma relação sustentável, de equilíbrio e harmonia com a natureza, visando reduzir os impactos ambientais.

O projeto começou em 2006, quando a avó de Felipe recebeu um valor em dinheiro e queria investir em algo. O engenheiro já estava planejando a morada e começou a observar o local. Segundo ele, era necessário avaliar condições como o sol e os ventos, para definir a posição ideal de construção da casa.

As paredes foram feitas de barro, o que proporciona conforto térmico. Do lado de fora da pousada, Felipe plantou uma horta e um pomar. Para adubo, utiliza a técnica da compostagem.

A proposta é que quem se hospedar no local possa ter contato com a natureza e aprenda sobre permacultura, bioconstrução e agroecologia.

Além disso, Felipe também recebe grupos e ministra cursos a pessoas que se interessam em saber mais sobre sustentabilidade.

Conforme o engenheiro, o público interessado é o mais variado possível, e incluem médicos, advogados e outros profissionais, o que mostra que o interesse em ter mais contato com a natureza e uma vida em harmonia com o meio ambiente é crescente.

Esta entrada foi publicada em G1. Guardar o permalink.